Bikehub.com.br | Compre e Venda - Bikes Novas e Usadas
Anuncie / Cadastre-se
O que você procura?
Onde?
A que distância?
Blog
Você sabia que temos um Marketplace também?
Compre Agora
ESTRADA/TRIATHLON Mundial de Ciclismo UCI 2021: tudo o que você precisa saber
Bikehub

atendimento@bikehub.com.br

Cena do Mundial da UCI em 2019 – em 2020 aconteceram apenas as provas das categorias de elite, devido à pandemia de Coronavírus.

O Mundial de Ciclismo de estrada volta à sua programação completa após versão reduzida em 2020.

O Campeonato Mundial de Ciclismo de Estrada da UCI começou hoje em Flanders, na Bélgica, com a vitória de Filippo Ganna no contrarrelógio. O italiano levou o título pelo segundo ano consecutivo, com Wout van Aert 5 segundos atrás e Remco Evenepoel 43 segundos depois.

>> Conheça a loja Bikehub!

Preparamos um resumo das principais informações que você precisa saber para acompanhar a disputa pela cobiçada jersey arco-íris (que você encontra na loja Bikehub).

Como sempre, o Bikehub vai acompanhar de perto a prova, com lives aos domingos pelo Twitch TV, sempre às 19h. E para conferir a programação do Mundial e assistir as provas ao vivo, é só acessar o canal da UCI no Youtube.

MUNDIAL DE CICLISMO DA UCI 2021

DATAS: 19/09 a 26/09

ONDE: Flanders, Bélgica

Após uma interrupção em 2020, quando só aconteceram as provas das categorias de elite de bike, o Campeonato Mundial de Ciclismo de Estrada da UCI volta com sua programação completa esse ano. São provas de ciclismo de estrada, contrarrelógios e revezamento misto, nas categorias Elite, Junior e SUB23.

Esta é a centésima edição do evento – já levando em consideração as interrupções que aconteceram durante a Segunda Guerra Mundial.

Julian Alaphilippe e Anna van der Breggen voltam para defender seus títulos no ciclismo de estrada.

PERCURSO

A prova de estrada masculina terá a impressionante distância de 268,3 km com 2.562 metros de elevação, incluindo 42 subidas no percurso. A prova feminina cobre 157,7 km e tem 20 subidas.

ATUAIS CAMPEÕES

No ano passado a holandesa Anna van der Breggen levou os dois títulos na categoria de Elite, com uma vitória fácil no contrarrelógio antes de deixar Annemiek van Vleuten e Elisa Longo Borghini para trás na prova de estrada.

Já em 2021, o italiano Filippo Gana, uma das principais estrelas do ciclismo italiano atual, venceu o contrarrelógio com facilidade, deixando Wout van Aert para trás na segunda posição – mesma sequência de 2020. Em 2020 o belga também ficou em segundo lugar na prova de estrada, vencida pelo francês Julian Alaphilippe.

FAVORITOS NA ESTRADA

“O holandês Mathieu van der Poel, o belga Wout van Aert e o francês Julian Alaphilippe compõem o “trio de ouro” e são claramente favoritos ao título”, diz nosso comentarista Celso Anderson.

“Outros que eu destacaria são o italiano Sonny Colbrelli, que foi campeão europeu esse ano, e o dinamarquês Magnus Cort Nielsen, que venceu etapas e foi o mais combativo na Volta a Espanha”, completa Celso.

MASCULINO

O percurso masculino na prova de estrada em 2021.

WOUT VAN AERT

Wout van Aert no mundial de cyclocross, sua outra especialidade, em 2019.

Os belgas adorariam ter um conterrâneo como campeão em casa, e existem muitas razões para acreditar que Wout van Aert possa realizar este sonho.

O ciclista de 27 anos esteve no topo das provas do Grand Tour, garantindo algumas vitórias incríveis em etapas, e fez uma boa prova nas Olimpíadas de Tóquio. Com muito trabalho e um pouco de sorte, tem tido uma temporada melhor do que o conterrâneo Mathieu van der Poel.

JULIAN ALAPHILIPPE

Julian Alaphilippe

Julian Alaphilippe pode não estar tendo a temporada que gostaria, mas tudo leva a crer que ele tem grandes chances de defender seu título, já que não participou das Olimpíadas e nem da Volta e deve estar fisicamente bem disposto.

MATHIEU VAN DER POEL

Mathieu van der Poel

O ciclista holandês é favorito em praticamente todas as provas de que participa. No entanto, desde uma queda na prova Olímpica de MTB, tem lidado com problemas de dores nas costas. Mesmo assim, continua como grande favorito.

REMCO EVENEPOEL

Remco Eveneopel em momento de glória.

Com apenas 21 anos de idade, o belga Evenepoel poderia competir na categoria sub-23, mas pedala na categoria de Elite. Teve uma temporada tranquila até agora, mas parece estar “no ponto certo”, após vencer o Tour da Dinamarca.

MADS PEDERSEN

O dinamarquês Mads Pedersen, que pedala pela Trek-Segafredo.

Apesar de não ter muito reconhecimento da mídia, o dinamarquês da Trek-Segafredo foi o vencedor do Mundial em 2019 e está em boa forma. Bem acompanhado pelo colega Kasper Asgreen, qualquer um dos dois pode ser um candidato ao pódio.

TOM PIDCOCK

Pidcock venceu a prova de MTB nas Olimpíadas de Tóquio e tem bastante experiência pedalando na Bélgica, onde deixou Wout van Aert para trás e venceu a Flecha Brabanzona, prova belga de um dia.

FEMININO

O percurso da prova feminina em 2021.

As favoritas entre as mulheres são as holandesas Annemiek van Vleuten e Anna van der Breggen, a italiana Elisa Longo Borghini e a alemã Lisa Brennauer.

A atual campeã, a holandesa Anna van der Breggen.

Para Bikers como você
Bikehub.com.br | Compre e Venda - Bikes Novas e Usadas